Holos Editora

Busca: 
telefone

Livros Holos Editora » Biologia » -

 

Água

Autor: Kenitiro Suguio
Páginas: 248
Formato: 16,5 x 22,5
Ano: 2006
ISBN 8586699527

Ver mais

R$42,00

Descrição do produto

Prefácio

A consciência de que a água constitui o bem mais precioso para a nossa sobrevivência –de que sua falta conduz à morte em tempo mais curto do que a falta de alimento, de que o progresso tecnológico contribui para o prolongamento da expectativa de vida que, somado à explosão populacional, passa a exigir um consumo cada vez maior desse líquido e de que a estabilidade do ciclo hidrológico se apóia em tênue equilíbrio das relações entre os diversos fatores ambientais– conduziu os pesquisadores à intensificação das investigações sobre esta preciosa substância. O estado-da-arte dos conhecimentos científicos sobre esse bem tão importante está muito bem exposto neste livro.

O doutor Kenitiro Suguio, professor emérito da Universidade de São Paulo, é profundo conhecedor da Geologia e das Ciências da Terra. Como especialista em Estratigrafia e Geologia do Quaternário, está credenciado para transmitir os conhecimentos fundamentais sobre a água em nosso planeta a especialistas das diversas áreas do conhecimento, como também para leigos interessados no assunto.

Como mostra este livro, embora haja evidências de que as condições físico-químicas na Terra tenham propiciado equilíbrio do ciclo hidrológico por longo tempo geológico, que ultrapassa dois bilhões de anos, as condições ótimas de subsistência da vida, definidas entre outros fatores pelos teores de gás carbônico e de oxigênio na atmosfera, respectivamente de 0,03% e 21%, podem ser rompidas pela intensificação da atividade humana. Caso este equilíbrio deixe de existir, podem ocorrer aquecimento global e outros fenômenos resultantes da deterioração ambiental, com conseqüências assaz desastrosas.

Pela leitura deste livro, constata-se quanto o ciclo hidrológico depende da interação da água com várias substâncias químicas, tanto da atmosfera quanto da hidrosfera, influenciadas por fatores ecológicos e, em uma perspectiva histórica, por fatores paleoecológicos. Daí se compreende porque estudos interdisciplinares da Geologia, Geoquímica, Biologia e Paleontologia têm adquirido crescente importância científica. Para exemplificar, ressalta-se aqui o recém-publicado “Tratado de Geoquímica” (2004), composto por dez espessos volumes, que em várias passagens se refere às interações das mencionadas ciências, com retroalimentação das relações entre elas.

No século XX, enquanto a população humana mundial triplicava, o consumo de água doce sextuplicava, tornando os conhecimentos contidos neste livro imprescindíveis.

Finalmente parabenizamos o autor pela atualidade do tema aqui enfocado.

Conteúdo:

1 ÁGUA NA SUPERFÍCIE TERRESTRE
1.1 Tipos e quantidades de água
1.2 Águas meteóricas (ou circulantes) e magmáticas (ou juvenis)
1.3 Relações entre os volumes de água e o tempo geológico
1.4 Água e evolução da superfície terrestre
1.5 Ciclo hidrológico e transporte da matéria
2 ÁGUA - SUBSTÂNCIA TÃO ABUNDANTE QUANTO DESCONHECIDA
2.1 Particularidades da água
2.2 Estrutura molecular da água
2.3 - Oceanos só existem na Terra
2.4 Água: elo de ligação entre seres vivos e seus biótopos (água, ar e terra)
3 COMPOSIÇÕES ISOTÓPICAS DA ÁGUA NA NATUREZA
3.1 Isótopos de hidrogênio (H) e de oxigênio (O)
3.2 Enriquecimento das águas oceânicas e continentais em isótopos pesados
3.3 Estranha discrepância entre as razões de isótopos estáveis de hidrogênio (H) e de oxigênio (O) entre águas oceânicas superficiais e profundas
3.4 Por que os isótopos de hidrogênio (H) e de oxigênio (O) de águas continentais são leves?
3.5 À procura de águas magmáticas (ou juvenis)
4 VAPOR D’ÁGUA DA ATMOSFERA
4.1 Função do vapor d’água da atmosfera
4.2 Papel da água no intercâmbio de calor
4.3 Medidas de intensidade de evaporação atmosférica: umidade relativa do ar e pressão do vapor d’água
4.4 Quantidades de água evaporadas: as evaporações de água pelas plantas e solos não são desprezíveis
4.5 Distribuição das nuvens na atmosfera segundo dados de satélites artificiais
4.6 Distribuição das precipitações atmosféricas sobre os continentes e os oceanos
4.7 Deserto é a fonte de suprimento de vapor d’água
5 ORIGEM E EVOLUÇÃO DOS OCEANOS E DA ATMOSFERA E OS SERES VIVOS
5.1 História da água na natureza
5.2 História evolutiva das águas oceânicas
5.3 Composições químicas das águas oceânicas e das águas fluviais
5.4 Idade do fundo submarino
5.5 Paleotemperaturas oceânicas
5.6 Evolução das águas oceânicas primitivas baseada na sua hipotética composição química e no balanço geoquímico
5.7 Substâncias voláteis supridas do interior da Terra
5.8 Havia água na superfície da primitiva Terra?
5.9 Inferências sobre os oceanos primitivos com base em sedimentos carbonáticos (calcários)
5.10 Inferências sobre a composição química de substâncias voláteis com base em gases de vulcões e fontes termais
5.11 Evolução da composição química das águas oceânicas
5.12 Atmosfera terrestre atual e a sua adequação à vida
5.13 Os oceanos foram o berço da vida
6 COMPOSIÇÕES QUÍMICAS DAS ÁGUAS DE CIRCULAÇÃO (OU METEÓRICAS)
6.1 Fatores que definem as composições químicas das águas na natureza
6.2 Composições químicas das águas meteóricas
6.3 Composições químicas das águas fluviais
6.4 De que dependem as composições químicas das águas fluviais?
6.5 Papel da água no intemperismo químico
6.6 Transporte de elementos químicos e de fragmentos de rochas por geleiras
7 ALGUMAS ÁGUAS NATURAIS INTERESSANTES
7.1 Águas conatas de campos petrolíferos
7.2 Águas de profundidade do Mar Vermelho e a origem do minério preto (black ore)
7.3 Água rica em cloreto de cálcio (CaCl2) da Lagoa Don Juan (Antártida)
7.4 Águas hipersalinas do Mar Morto
8 CICLO E DINÂMICA DO CARBONO NOS OCEANOS
8. 1 Distribuição quantitativa do calcário na superfície terrestre
8.2 Taxas de sedimentação de calcário nos oceanos atuais
8.3 Precipitação e dissolução de calcário nas águas oceânicas
8.4 Formação e decomposição da matéria orgânica oceânica
8.5 Floresta: repositório continental de carbono
8.6 Dióxido de carbono (CO2) de destino desconhecido
8.7 A ineficiência das águas oceânicas na absorção do CO2 atmosférico
8.8 Estimativas quantitativas sobre CO2 de origem antrópica dissolvido nas águas oceânicas
8.9 Ciclo do carbono nas águas oceânicas atuais
8.10 Ciclo do carbono e geologia histórica
9 ÁGUA, ATMOSFERA E MEIO AMBIENTE
9.1 Generalidades
9.2 Aquecimento global
9.3 Chuvas ácidas
10 PANORAMA DA ÁGUA DOCE NO BRASIL
10.1 Generalidades
10.2 Recurso hídrico de água doce no Brasil
10.3 Considerações finais

Contato | Formas de Pagamento | Formas de Entrega | Quem Somos | Política de Troca | Segurança