Holos Editora

Busca: 
telefone

Livros Holos Editora » Biologia » -

 

Princípios de Morfometria Geométrica

Autores: Leandro Rabello Monteiro & Sergio Furtado dos Reis
Páginas: 189
Formato: 15 x 21
Ano: 1999
ISBN 8586699101

Ver mais

R$55,00

Descrição do produto

Em 1963, no primeiro livro-texto sobre a recém-criada “Taxonomia Numérica”, R. R. Sokal e P. H. A. Sneath já discutiam a necessidade de adequar as grades curriculares dos cursos de Biologia de modo a preparar os estudantes para as novas tendências que então se esboçavam. Estas, sem dúvida, exigiriam maior preparo em matemática e estatística. Passados mais de 35 anos, pode-se constatar que, infelizmente, essas sugestões foram praticamente ignoradas, a despeito da intensificação no uso de técnicas estatísticas na análise de dados biológicos e do emprego de modelos matemáticos cada vez mais complexos para explicar os fenômenos em todos os níveis da hierarquia biológica. Os estudantes, de um modo geral, terminam os cursos de graduação (e mesmo os de pós-graduação) sem um preparo mínimo nessa área, nem mesmo para avaliar a gravidade dessa falta de conhecimento.

Esse problema também reflete-se na escassez de livros-texto sobre o assunto, gerando um círculo vicioso, principalmente nas áreas de Zoologia, Ecologia e Sistemática. De um modo lento e gradual, essa lacuna vem sendo coberta e, nos últimos cinco anos, alguns livros-texto excelentes sobre técnicas estatísticas e matemáticas aplicadas à ecologia de populações e comunidades, sistemática e evolução, têm sido publicados por autores brasileiros. Este livro de Leandro Rabello Monteiro e Sérgio Furtado dos Reis coloca-se de modo muito preciso ao preencher mais uma dessas lacunas, sendo o primeiro livro-texto em português sobre morfometria. Mais que isso, esse livro explora, principalmente, um conjunto de técnicas desenvolvidas muito recentemente nessa área. Os autores desse livro são pesquisadores com grande produção científica, reconhecidos nacional e internacionalmente. Assim, o livro não é uma simples compilação, mas reflete de fato a própria experiência dos autores em pesquisa e ensino de morfometria multidimensional e geométrica. As vantagens dessas novas técnicas ficarão evidentes com a leitura e o desenvolvimento recente dessa área aparentemente encerra as longas discussões ocorridas na década de 80 sobre as diferentes maneiras de medir variações no tamanho e na forma dos organismos.

No nosso tempo, a facilidade de utilização de computadores e pacotes estatísticos para a análise de dados funciona como uma caixa de Pandora: apesar de facilitar imensamente a vida de todos os biólogos, permite também a difusão de erros e interpretações impróprias de diversos tipos, já que os pesquisadores passam a utilizar técnicas analíticas complexas sem conhecer de fato seus pressupostos e características. Isso é especialmente verdadeiro para as técnicas sofisticadas de análise multidimensional ou de morfometria geométrica. As bases matemáticas e estatísticas das técnicas apresentadas neste livro estão longe de serem triviais. No entanto, o texto claro e conciso, recheado com exemplos trabalhados detalhadamente, permite que se tenha uma compreensão ampla dessas técnicas. Dessa forma, esse livro representa um boa tentativa de reduzir (ou mesmo eliminar) esse “efeito-Pandora”.

Assim, a “nova morformetria” de F. L. Bookstein e F. J. Rohlf agora passa a estar muito mais acessível aos estudantes e pesquisadores do Brasil. Considerando o enorme poder estatístico dessas técnicas e seu amplo potencial de aplicação, garante-se que esse livro será de imensa utilidade para todos aqueles que, de algum modo, se interessam pela variação de tamanho e forma entre os organismos. Essas variações, de fato, podem ser consideradas como a essência da biologia organísmica, já que estão associadas aos padrões de evolução fenotípica em grandes escalas de tempo e espaço, às bases genéticas da variação inter e intrapopulacional e às associações com fatores bióticos e abióticos das comunidades. Seria difícil encontrar, para um biólogo, mais inspiração em qualquer outro assunto do que nesse “modo grandioso de ver a vida...” .

José Alexandre Felizola Diniz Filho

Conteúdo:

Prefácio do Prof José Alexandre F Diniz Filho ix
Capítulo 1 Introdução
1 Introdução
12 Histórico
13 Tipo de Dados em Morfometria
14 Equipamentos
15 Passos na Análise
Capítulo 2 Operações com Matrizes
21 Introdução às Operações com Matrizes
22 Tipos de Matrizes
23 Operações com Matrizes e Vetores
24 Determinante de uma Matriz Quadrada
25 Inversão de Matrizes
26 Tipos Especiais de Matrizes
27 Dependência Linear e Posto de uma Matriz
28 Produto Interno entre Vetores
29 Autovalores e Autovetores
210 Decomposição Espectral
211 Decomposição do Valor Singular
Capítulo 3 Análise Multivariada
31 Médias, Variâncias e Covariâncias
32 Análise dos Componentes Principais
33 Análise das Variáveis Canônicas
Capítulo 4 Métodos para Estudo de Contornos
41 Introdução
42 Contornos Abertos Simples
43 Contornos Abertos Complexos
44 Contornos Fechados Simples
45 Contornos Fechados Complexos
46 Fractais
47 Conclusão
Capítulo 5 Métodos para Superposição de Marcos Anatômicos
51 Introdução
52 Variáveis de Forma
53 Espaços Morfométricos
54 Superposição por Critérios de Otimização
55 Superposição por Coordenadas de Forma
56 Conclusão
Capítulo 6 Componentes Uniformes e Análise de Deformações
61 Introdução
62 Componentes Uniformes
63 Análise de Deformações ("thin plate splines")
64 Deformações Parciais como Caracteres Cladísticos
65 Conclusão
Capítulo 7 Um exemplo: variação geográfica na forma da mandíbula de Trichomys apereoides (Rodentia)
Capítulo 8 Perspectivas em Morfometria Geométrica
Capítulo 9 Referências Bibliográficas
Índice Remissivo

Contato | Formas de Pagamento | Formas de Entrega | Quem Somos | Política de Troca | Segurança